fbpx

Aos 82 anos, canadense quebra recorde em meia maratona


0
45 shares

O maratonista canadense Ed Whitlock é igual ao vinho. Quanto mais velho, melhor fica. Nascido em 6 de março de 1931, ele se tornou a pessoa mais velha do mundo a correr uma maratona em menos de três horas. Então com 69 anos, Ed completou o percurso de 42km em 2h52m47. De lá para cá,o corredor  passou a ser cada vez mais conhecido em seu país, teve sua história contada no jornal New York Times e quebrou ainda mais recordes. Até que no último domingo, aos 82 anos, ele se tornou o mais rápido do mundo nos 21km, entre os homens com mais de 80 anos. O feito aconteceu ao anotar 1h38m11s na Meia Maratona de Milton, sua cidade natal em Ontario.

Essa nova marca de Ed melhora em 48 segundos o recorde anterior, que havia sido estabelecido por ele mesmo. Empolgado com seu desempenho, o canadense disse que quer completar Toronto Waterfront Marathon, no fim de outubro, em 3h25. Na última edição, ele fechou o percurso em 3h30m26s, estabelecendo um recorde mundial para atletas com 81 anos.

Ed começou a correr na adolescência, nos anos 40. Mas foi se destacar mesmo após registrar o seu primeiro recorde. Depois disso, aos 73 anos, ele se tornou o mais rápido com mais de 70 anos a completar maratona, quando anotou 2h54m48. Na época, o New York Times chegou a afirmar que estabelecer essa marca de Ed é tão difícil quanto uma pessoa de 20 anos quebrar o recorde mundial dos 42km, que é de 2h03m57s.

Fonte: O Globo


CorreBH

O seu canal sobre a corrida de rua na capital mineira. Acompanhe nosso site e redes sociais e fique por dentro.
X