fbpx

Review: T&F Run Series DiamondMall


0
64 shares

Fim de semana de muita corrida. No sábado foram 24km com direito à três subidas nas imediações da Lagoa da Pampulha. Cansa né!? Domingo geralmente é day-off, pernas pro alto, só curtindo clube ou sofá.

Mas esse domingo tinha a Track&Field Run Series DiamondMall e eu fui lá participar a convite do shopping e aproveitei pra antecipar meu regenerativo que seria na segunda.

O bom das provas da Track&Field é que a gente sabe que o kit compensa o valor investido. Dessa vez uma novidade: além da camisa da prova, também recebemos uma camisa de finisher. No kit também tinha uma dry towel (toalha de secagem rápida), meia e boné T&F e uma salada com atum de um dos patrocinadores da prova. Outra vantagem é que como as provas são sempre relacionadas a um shopping, o estacionamento fica disponível gratuitamente para os corredores.

Como a assessoria onde eu corro não estava presente na prova, usei o guarda-volumes da prova. Tanto a entrega quanto a retirada foi bem tranquila e organizada, já que eles contavam com um bom número de atendentes.

Pertences guardados, chip no pé, número de peito na camisa… vamos pra largada! Até o momento a ideia era fazer uma prova bem tranquila, quase um treino de luxo, já que no dia anterior eu tinha feito um treino pesado. Mas aí vem a contagem regressiva, a buzina… e você sabe como é, né? Nessa hora todo o planejamento muda. Quando você percebe já tá acelerando, cortando todo mundo e chutando o balde para as recomendações do treinador (ops, foi mal professor!).

Quem já correu essa prova sabe o quanto o percurso é difícil, por causa de algumas subidas. E pra dificultar mais, o trajeto é formado por duas voltas em um percurso de 3km. Ou seja, a gente sofre na primeira volta já sabendo que vai sofrer tudo de novo! A desvantagem é que quando você está na segunda volta, acaba tendo que desviar da turma que ocupa boa parte da pista fechando a primeira volta ainda.

Terminei a prova em 25:28, ritmo médio de 4:15. Tudo diferente do planejado, mas valeu muito a pena! Fiquei em 20º geral masculino e em 2º na faixa etária (35-39). Agora é dar uma descansada, porque no próximo fim de semana tem a Meia do Rio.

Exausto depois da chegada.
Exausto depois da chegada.

O registro acima foi da Fernanda Brum (não, não a cantora gospel). Tenho que aproveitar para contar aqui que ela e a filha Valentina presenciaram um dos momentos mais legais da #mytf, que a gente contou lá no nosso instagram.

Sabe aquelas histórias que te emocionam e você faz questão de contar? Hoje a Valentina estava com a mãe, Fernanda, na chegada da Track&Field Diamond esperando o pai, Eduardo, que corria a prova. Quando o Ivanei Xavier de Araújo cruzou a linha de chegada em primeiro lugar e pegou sua medalha, foi até a Valentina e contou pra ela que quando ele era criança o sonho dele era participar de corridas, que ele sempre ia nas provas e ficava esperando a chegada do campeão para tentar ganhar uma medalha. Hoje ele fez questão de oferecer a medalha dele pra Valentina, como uma forma de incentivo. Parabéns Ivanei, você é um campeão dentro e fora das pistas. E obrigado @fe_scheuerbrum, por nos contar essa história e registrar esse momento.

Uma foto publicada por CorreBH (@corre_bh) em Jul 19, 2015 às 10:32 PDT

Depois da prova uma cena rara: não tinha ninguém na fila da massagem. Pra falar a verdade, tinha uma fila de massagistas pra nos atender. Fui logo fazer a massagem e usufruir de mais um serviço oferecido pela prova. Não é todo dia que a gente encontra uma estrutura dessa sem filas.

Por falar em filas, consegui pegar a minha camisa de finisher bem rápido, mas depois observei que havia formado uma enorme fila para a retirada. Como a minha retirada foi bem tranquila, não posso dizer o motivo do tamanho da fila, mas deixo pra quem enfrentou a fila comentar sobre isso.

Em geral a prova foi muito boa, estrutura boa, hidratação na medida certa, ótimo kit, boa medalha. Recomendo!

A próximas (e última) etapa da Track&Field Run Series em BH já está com inscrições abertas!
– 20/09 – BH Shopping (inscreva-se)

Depois da prova, com a medalha e descansado, rolou até um sorriso.
Depois da prova, com a medalha e descansado, rolou até um sorriso.

[rwp-review id=”0″]

E você também participou do #MYTF DiamondMall? Clique em AVALIAR no quadro acima e deixe a sua nota. Aproveite para contar pra gente o que achou!


Cassio Diniz

Começou a correr aos 29 para chegar bem aos 30. De 2008 pra cá já foram algumas maratonas, várias meias e incontáveis provas de 5 e 10k.
X