fbpx

T&F BH Shopping

"A Track&Field Series possui conceito diferenciado de corrida de rua. As provas são realizadas na região das lojas da rede gerando relativa proximidade com o público alvo. A qualidade do kit se tornou para mim o principal atrativo da prova. Ponto a favor para a T&F Run Series. O nível de dificuldade pode ser considerado médio, uma vez que a prova apresenta altimetria variável, com subidas fortes e longa descida". --Erik Cecconello


0

Hoje rolou mais uma edição da Track&Field Runner Series, etapa BH Shopping. A prova largou do estacionamento do shopping e seguiu pelas ruas do Belvedere. O #CorreBH sorteou uma inscrição via twitter para a prova. O ganhador Erik Cecconello correu a T&F pela primeira vez e nos contou a sua impressão.

A Track&Field Series possui um conceito diferenciado de corrida de rua. As provas são realizadas na região das lojas da rede, o que significa em muitos casos acesso fácil e relativa proximidade com o público alvo. A estrutura montada também é diferenciada, já que oferece um espaço kids, visando atrair casais corredores uma vez que as crianças se divertem enquando os pais suam.

Esta foi minha primeira T&F e confesso que não a correria caso não houvesse sido agraciado com a cortesia da prova. Um dos motivos para isto é que meu planejamento de treinos não previa uma prova de 10k neste momento. O que fiz foi incluir a prova no meio de um treino “longão” de 26k. O outro motivo era o preço do kit. Digo “era” porque ao retirar o kit e perceber a qualidade do mesmo, me convenci que o valor da inscrição é adequado. Aliás, a qualidade do kit se tornou para mim o principal atrativo da prova. A camisa é de muito boa qualidade, bonita, e mesmo com os patrocínios, é uma camisa “clean”, discreta… acertaram no design. Outro item que me surpreendeu foi o par de meias esportivas da Track&Field, o qual não dei muita bola no início por ser muito fino, mas ao “pagar pra ver” na prova, o item se mostrou muito adequado para a prática esportiva, com compressão adequada e sem provocar bolhas ou desconforto (muito pelo contrário). Mais um mimo: um boné, bonito, em material que favorece a transpiração, branco com detalhes reflexivos favorecendo a segurança e que já é meu preferido para os treinos futuros. Em resumo, o kit é ponto a favor para a T&F Run Series.

Já em relacao ao percurso, tenho ressalvas. Para mim, já era um percurso conhecido, pois realizo a maior parte dos meus treinos no Belvedere. Nível de dificuldade pode ser considerado médio, uma vez que a prova apresenta altimetria variável, com subidas fortes e uma longa descida. E diria ser um percurso muito pesado para mais de 80% dos participantes e com uma grande ressalva: há uma probabilidade maior de lesões pois nem todos os corredores se preparam adequadamente para as descidas.

Ainda sobre o percurso, houve um trecho em que havia corredores em sentidos opostos numa pista estreita. Houve risco de trombadas e tropeções entre corredores mais rápidos e mais lentos. Este detalhe pode ser melhor explorado nos encartes explicativos da corrida. Em relação à hidratação, considerei adequada, apenas com algumas ressalvas no posicionamento do pessoal do staff que, por vezes, reduzia a passagem dos corredores.

A organização pode melhorar no aspecto de área na largada, no que diz respeito ao acesso às baias de pace. Mas considerei muito boa a área de apoio, com stands e tendas adequados e de interesse geral.

–Erik Cecconello

O corredor Ismael Neto contou pra gente que usou a prova de hoje como treino regenerativo, fechando num pace médio de 5’30”.

A prova começou dentro do estacionamento do shopping. Não achei um bom local de largada porque o piso não é adequado e o GPS não pega (o meu só foi achar os satélites 10 minutos após o início da prova).  No fim da corrida, era necessário subir duas rampas. Se eu não estivesse fazendo um regenerativo e tivesse dado o sangue durante a corrida, certamente essas rampas iriam me atrapalhar no final. Corrida no Belvs é de lascar. Muito morro e com inclinação superior à que eu acho legal pra correr.

Como fiz a prova bem mais lento que o meu ritmo de costume, não há o que reclamar sobre os postos de hidratação pois só peguei água duas vezes durante o percurso.

Houve uma falha em relação à entrega das medalhas que não chegaram ao evento para serem entregues aos finishers. Com isso a organização teve que transferir a entrega para outra data na loja da T&F. O problema é que nem todos que correram a prova são de BH e talvez não tenham disponibilidade de pegar a medalha em outra data.

De qualquer forma, um dos principais atrativos é o kit do corredor. Os kits da T&F são os melhores que existem.

–Ismael Neto


CorreBH

O seu canal sobre a corrida de rua na capital mineira. Acompanhe nosso site e redes sociais e fique por dentro.
X