Virei coelho no Circuito das Estações


0
28 shares

Hoje foi dia de participar de mais uma edição do Circuito das Estações. Há exatos 7 anos eu estreava nas corridas de rua nessa prova, na etapa de outono de 2009.

foto1
Concentração dos atletas antes da largada

Mas hoje eu tinha uma missão diferente. Eu ia ser coelho da Camila Prado, uma nova amiga que fiz na corrida e que tinha como meta completar a prova em 55 minutos.

Largamos em trio. Eu, Camila e Lucas, um colega da assessoria dela e que também estava focado em fazer os 10km no ritmo médio (pace) de 5:30.

A gente largou um pouco forte, o que é bem normal para o início de uma prova, quando tentamos sair daquele tumulto da largada. Os primeiros quilômetros a gente estava fazendo abaixo de 5:20 de pace, o que nos dava uma “gordura” pra queimar no final da prova.

A gente sentiu que ia precisar usar essa folga, já que o sol estava fortíssimo e o calor prejudicava um pouco a nossa estratégia. Durante os primeiros quilômetros eu perguntava como a Camila estava se sentindo, para poder saber se a gente podia manter o ritmo ou não. No km 5 eu sugeri que a gente fizesse um pace mais leve (5:40) para depois voltar aos 5:30 e no km 7 a gente desse mais uma “descansada” para encarar os últimos quilômetros da prova.

A gente foi percebendo que as placas de marcação de quilometragem da prova estavam sempre depois da marcação do Garmin. Talvez pelos desvios no início da prova para conseguir um bom espaço pra correr.

No meio da prova eu percebi que o Lucas não estava mais correndo com a gente e restou apenas eu e Camila para completar. O mais legal é que algumas pessoas vendo eu a orientando em relação ao ritmo da prova, se juntaram à nós para fechar a prova nesse ritmo de 5:30 também.

Nos últimos dois quilômetros eu precisei trabalhar muito o lado psicológico da Camila. Tive que avisar o quanto faltava e o quanto a gente tava próximo de atingir a sua meta. Depois eu soube que ela estava me xingando por dentro, talvez até arrependida de ter topado essa missão.

No quilômetro final foi a hora de dar o sprint às cegas, já que a gente não tinha certeza da distância correta devida à diferença em relação à marcação do Garmin. Eu juro que eu pensei: a Camila pode até desmaiar, mas se desmaiar que seja depois da chegada, porque aí eu seguro ela… rs.

Cruzamos a linha de chegada com 55:06, com o Garmin marcando 10,130km e com a missão cumprida!

Camila Prado, Taís Braga e eu, já conseguindo sorrir depois da prova.
Camila Prado, Taís Braga e eu, já conseguindo sorrir depois da prova.

Parabéns Camila! Você brilhou demais! Com todo o calor que estava na prova hoje, você conseguiu fazer seu melhor tempo nos 10km. Que venham as próximas provas, os próximos recordes e o aumento das distâncias!


Cassio Diniz

Começou a correr aos 29 para chegar bem aos 30. De 2008 pra cá já foram algumas maratonas, várias meias e incontáveis provas de 5 e 10k.
Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format
X